Como entrar no mercado português de Portugal

Qualquer autor tem o sonho de internacionalizar o seu trabalho. Para um autor brasileiro, por razões óbvias, o mercado mais propício a essa internacionalização é o mercado editorial português.

Então, numa primeira fase, temos que analisar como funciona o mercado literário em Portugal.

Como funciona o mercado português em Portugal

Em primeiro, não existe Amazon Portugal.

Os portugueses compram na Amazon Espanha (que abrange toda a Península Ibérica) e não cobra serviço de envio para pedidos acima de 80 reais. Ainda assim, há alguns que preferem comprar na amazona UK, USA ou Brasil.

Porém, o fator mais importante a ter em conta é que em Portugal os ebooks não tiveram sucesso. As pessoas preferem comprar livros físicos.

As livrarias típicas de bairro foram desaparecendo, ficando o público sujeito às grandes lojas nos centros comerciais, que vendem sobretudo os êxitos editoriais dos Estados Unidos ou das celebridades portuguesas. Os preços são geralmente caros.

Porém, os leitores que lêem muitos livros, pouco a pouco, já começaram a comprar ebooks, pois os preços dos livros físicos são incompatíveis para qualquer bolso.

No entanto, não existe ainda apoio ao autor independente. Aliás, os próprios autores portugueses preferem procurar e contratar editoras e fazer uma edição com custos compartidos do que lançar-se sozinhos.

Como entrar no mercado português

Analisando o referido, resta-nos saber como podemos furar no mercado e conseguir um lugar ao Sol.

Para entrar no mercado há que dar-nos a conhecer. Como? Entrando em contato com blogs, fóruns, redes sociais.

Começamos com os blogs.

A maioria deles recebem livros das editoras para fazer resenhas e concursos, têm canais no Youtube etc.

Apresento, abaixo, 5 blogs que costumam ajudar autores independentes.

No entanto, por experiência própria, não vale a pena pedir resenhas antes que divulguem o livro ou esteja disponível ou grátis em dias concretos.

Caso queiram oferecer um livro físico para um concurso, a Amazon Espanha já tem a opção de livro físico ao estilo “capa comum” da Amazon.

5 blogs literários de Portugal:

http://asleiturasdocorvo.blogspot.com.es/

http://viajarpelaleitura.blogspot.com.es/

http://quandoseabreumlivro.blogspot.com.es/

http://fofocas-literarias.blogspot.pt/

http://no-conforto-dos-livros.webnode.com/

Em termos de fóruns e rede sociais, os resenhadores portugueses utilizam a página:

https://www.goodreads.com/

É um excelente site para dar a conhecer o nosso trabalho, divulgar e interagir com possíveis leitores.

Vale a pena?

mercado editorial ebooks portugalObviamente que sim, embora todo processo de divulgar é por vezes cansativo e com resultados escassos. A verdade é que ver a nossa obra, na Amazon Espanha, dentre os livros portugueses mais vendidos, à frente de Paulo Coelho ou José Saramago é uma motivação extra.

No meu caso, o meu segundo livro (Manual de um Homicídio www.amazon.com.br/dp/B075P815FP) conseguiu chegar a ser o livro português mais vendido na Amazon Espanha, Alemanha e Japão tanto em ebook como físico.

Em consequência, fez com que o meu primeiro livro, que já há algum tempo não vendia, voltasse a ter vendas razoáveis, visto que os leitores que gostaram de ler o Manual de um Homicídio quiseram conhecer mais trabalhos meus.

Resumo
Como entrar no mercado português de Portugal
Título do Artigo
Como entrar no mercado português de Portugal
Descrição
Qualquer autor tem o sonho de internacionalizar o seu trabalho. Para um autor brasileiro, por razões óbvias, o mercado mais propício a essa internacionalização é o mercado de Portugal. Então, numa primeira fase, temos que analisar como funciona o mercado literário em Portugal.
Autor
Nome do editor
Como Publicar eBooks na Amazon

Comente